Um novo jeito para beber a Coca-Cola

Por conta dos altos custos gerados pelas garrafas retornáveis, alguns países, os compradores acabam preferindo levá-los em sacos plásticos para que o preço fiquei mais em conta. Mas uma das desvantagens é a descaracterização de um dos maiores ícones da Coca-Cola: sua garrafa.

Mas como entender os consumidores é umas das principais tarefas paras alcançar o sucesso, é preciso adaptar-se aos valores de seus clientes, até mesmo para enfatizar os valores transmitidos pela própria marca. Então para adaptar o produto com a realidade das pessoas, a empresa lançou uma campanha para oferecer embalagens plásticas no formato de suas garrafas, onde inclusive tem a logo da Coca-Cola. A sacada foi genial, como sempre. Atendeu os desejos da população e ainda não descaracterizou a marca.

A ‘The Coca-Cola Bag’ acabou sendo uma grande oportunidade, tendo em vista que nos países onde essa prática é comum, como em El Salvador, por exemplo, corresponde a aproximadamente 80% das vendas.

Muito bacana, não?
E no Brasil? Será que pega?

Anúncios

Um clipe do John Mayer criado inteiramente com o Draw Something

(Via: Brainstorm9)

Aprovado e divulgado pelo próprio John Mayer em seu blog, aqui está um clipe criado com o popular game “Draw Something” da Zynga.

É para a música “Queen of California”, em produção do estúdio Brainbowinc.

Não é um vídeo oficial, mas poderia ser. Fácil. Ainda mais para aqueles viciados em Draw Something que não tiram o dedo do celular.

Adorei ♥ achei super fofinho e a musica bem gostosinha!

Como seriam os anúncios do Facebook, Twitter e Goog+ na época da Segunda Guerra

O designer Aaron Wood criou uma série de cartazes retrôs lembrando a época da Segunda Guerra Mundial. Neles estão ilustradas as três principais rede socias do momento que é o Facebook, Twitter e o Google+. Confira as ilustrações abaixo:

Muito Bons!

Guarda-Chuvas super criativos e inovadores

Quando vamos comprar um guarda-chuva, a beleza não é um dos principais itens na decisão da compra. Olhamos o material, se ele vai resistir aos intensos ventos, principalmente aqui em Floripa, enfim, a funcionalidade está em primeiro lugar. Porem foram lançados alguns guarda-chuvas com objetivo de proteger ainda mais da chuva, do que os convencionais, além de serem super criativos e inovadores. Tanto por seus desenhos, formato e tamanho.
Achei esse amarelo tãoooo gracinha!

Curtiram?

Escritório da LEGO na Dinamarca

Quem nunca brincou, ao menos uma vez, com os blocos coloridos mais famosos do mundo? LEGO é um dos brinquedos mais presentes na infância da maioria das pessoas e eu sempre quis conhecer como funcionava o outro lado da história, o lugar aonde são desenvolvidos os projetos, os layouts e os designs dos brinquedos. Pois bem, aqui está: LEGO PMD, o escritório da LEGO, na Dinamarca.

O projeto é do escritório de arquitetura Rosan Bosch & Rune Fjord, na qual criaram em um ambiente física um espaço lúdico que permite aos adultos sentirem como crianças. A ideia é transmitir a sensação de brincadeira, diversão e estimular a criatividade. Trabalhar no LEGO PMD tem de ser divertido.

Unindo conceitos como diversão, unidade, criatividade, imaginação, inovação e sustentabilidade como base do projeto os arquitetos foram capazes de recriar o universo lúdico em um ambiente sério de trabalho. Confortáveis e estimulantes, os espaços favorecem a troca de ideias entre os colaboradores e designers.

A criatividade para compor os ambientes era livre que os arquitetos colocaram um tobogã prateado, que leva ao primeiro nível, conectado a uma passarela revestida em estofado azul, similar a uma grande nuvem.

Eu adoraria ter a oportunidade de passar alguns dias trabalhando nesse escritório!

Balões de ar quente criativos

Há algo sobre balões de ar quente que nos faz sorrir. Talvez seja as cores, a circularidade, a ausência de gravidade? Ou talvez seja o nosso eterno desejo de voar, ficar leve, a flutuar alegremente no ar?

Em casa, balões coloridos foram usados para decorar as partes e, talvez, que é uma das razões pelas quais nós associamos todos os balões com momentos divertidos e felizes da infância no início. Em feiras nacionais e todos os tipos de festas, passeios de balão de ar quente são um grande atrativo e uma vez na vida uma experiência para muitos.

Curiosamente, balões de ar quente – como tantas invenções tecnológicas, incluindo a internet – tem suas origens nas forças armadas. Balões não tripulados foram usados na China para a sinalização militares e outras finalidades mais de 2000 anos atrás.

Geralmente eles são todos do mesmo formato, o jeito que todos nós conhecemos. Para mudar um pouco esta estética, hoje são feitos muitos balões com formatos criativos, para embelezar ainda mais o céu. ♥

Quero andar num balão assim!

Como seriam os produtos sem as suas marcas

As marcas dos produtos e objetos do nosso dia-a-dia tem marcas e propagandas que influenciam muito na hora da compra. Têm marcas que viveram o próprio nome do protudo. Quem nunca falou ‘Bombril’ se referindo à lã de aço? Omo à sabão em pó, e assim podemos citar mais inúmeros casos. Foi fazendo uma critica a esse equivoco, que o artista Andrew Miller criou o projeto “Brand Spirit” ou “Espírito da marca”, onde ele pinta um objeto totalmente de branco, fazendo um produto por dia durante 100 dias e, os fotografa sem qualquer imagem de suas marcas. Mesmo assim, muito dos objetos podem ser reconhecidos, como uma garrafa de Coca-Cola, um boneco de Levo ou as batatas do Mc Donald’s. Veha a seguir algumas das imagens do projeto.

Você reconheceu todas as marcas dos produtos?