Facebook atinge 900 milhões de usuários e investe em novidades

Pesquisa realizada pela comScore registrou o forte crescimento do Facebook na América Latina. Segundo o estudo, 19% dos mais de 900 milhões de usuários no mundo todo estão na América Latina e Caribe. Desde o ano passado, a base de usuários da rede social nos países da AL e nas ilhas caribenhas cresceu 47%, alçando 168 milhões de pessoas. No Brasil são 50 milhões.

É devido a toda essa aceitação que a rede social está buscando sempre melhorias, novas funcionalidades que atendam (e superem) as expetativas de todo esse universo de internautas. Muitas inclusive que vão interagir com outras mídias sociais.

Na semana passada, o Facebook anunciou um recurso que permite seguir determinadas atividades de usuários por meio de aplicativos. Segundo reportagem do Mashable, agora o internauta pode escolher visualizar em seu feed de notícias as imagens que um outro usuário publica no Instagram, ou o que ele marca no Pinterest, sem que para isso precise adicionar a pessoa aos seus contatos ou assinar todas as atualizações desta.

Outra novidade que vem por aí é o botão ‘Want’, ou, em um bom português: ‘Quero’. O novo botão será de grande ajuda para o fortalecimento da publicidade no Facebook. O intuito da rede social é ter uma melhor noção do que os seus usuários estão querendo, quais as intenções de consumo. Provavelmente para direcionar ainda mais os anúncios publicitários


Segundo o desenvolvedor Tom Waddington, que descobriu a novidade, o “quero” só funcionaria em publicações marcadas como “produtos”, onde os usuários poderiam fazer uma lista de objetos para comprar futuramente. o botão já está na fase de testes e foi adicionado para o pacote de programação que é fornecido para alguns desenvolvedores. As informações são do site InsideFacebook.

E aí galera, o que vocês estão achando de todas essas novidades do facebook? Eu confesso que muitas não me agradam!

Anúncios

Internet é a mídia preferida entre os brasileiros

30% da população mundial está conectada e passa o equivalente a 35 bilhões de horas online por mês. No Brasil, cerca de 40% – algo em torno de 81 milhões de pessoas – tem acesso à internet. Quase ¼ do tempo é dedicado às redes sociais – depois vem as buscas e a leitura de conteúdo. Por causa disso, brasileiro é quem tem mais amigos nas redes sociais. São em média 481, contra apenas 29 dos japoneses.

Um outro estudo feito pela ComScore a pedido do IAB trouxe números que referendam a relação de amor que o brasileiro tem com a internet. Com o objetivo de entender como a população se relaciona com a web, a empresa de pesquisas entrevistou 2.075 pessoas que compuseram uma amostra representativa do público online brasileiro. O objetivo deste estudo é analisar os hábitos dos internautas brasileiros e apurar a relação destes usuários com a publicidade digital.

A pesquisa mostrou que 82% dos brasileiros com acesso a internet consideram a web uma ferramenta indispensável e essencial para a sobrevivência. Destes, 85% são mulheres e 79% são homens. Outro resultado importante apontado é que 42% das pessoas passam pelo menos duas horas por dia conectadas, enquanto no caso da TV, esse percentual, para a mesma quantidade de horas, é de 25%.

Outra pergunta deu a dimensão do que a web vem representando para os brasileiros. A questão “se você tivesse 15 minutos livres para usar no dia, qual seria a atividade preferida” trouxe como primeira resposta a navegação na internet. Essa foi a escolha de 33% dos entrevistados. Em seguida, ficou a utilização de redes sociais, com 13%. Ver TV atingiu 11% das preferências. Somadas as respostas que implicavam em algum uso online, 62% das pessoas gostariam de dedicar esses 15 minutos livres ao consumo de meios digitais.

Fábio Coelho, presidente do IAB Brasil, destacou que a internet é a atividade preferida em todas as faixas etárias, inclusive entre os indivíduos com mais de 55 anos. Detalhe importante: é esse grupo que cravou o maior índice para assistir à televisão no tempo livre, com 15% das respostas (navegar na web, para essa faixa etária, ficou com 34%).

A pesquisa revelou ainda que a internet é a mídia mais utilizada em todos os lugares, como casa, escola e trabalho.

Por essas razões que os investimentos em publicidade online também no Brasil não param de crescer, devendo atingir US$ 4,65 bilhões em 2012.

Você concorda com essa pesquisa?

Eu sim! 🙂